top of page
  • Foto do escritoremerson guedes

Rede de pesquisa vinculada ao OndaCBC impulsiona a produção sustentável de energia no Semiárido Brasileiro

Atualizado: 14 de jun.

A Rede de Pesquisa e Inovação em Energia da Biomassa no Semiárido (REPIENSA) está transformando a produção de energia no semiárido brasileiro. Desde sua criação em 2017, a REPIENSA tem unido universidades, institutos de pesquisa e ONGs para desenvolver soluções sustentáveis e inovadoras no uso de biomassas locais.


Por meio das pesquisas desenvolvidas, a rede mantém uma interação com o setor produtivo e as empresas de inovação, auxiliando no uso sustentável de biomassas adaptadas às condições semiáridas (baixa disponibilidade hídrica) para a produção de bioenergia, biocombustíveis e bioprodutos de alto valor utilizando como principais fontes de biomassas a palma forrageira, sisal, podas vegetais, lenha, estercos animais e resíduos sólidos orgânicos urbanos.


As atividades de pesquisa, desenvolvimento e inovação realizados no contexto da REPIENSA possuem diferentes graus de maturidade tecnológica, no entanto, a utilização de biomassa para a produção de biogás ou outro biocombustível ainda precisa de estudos na escala piloto para validação dos resultados obtidos na escala laboratorial.


Um exemplo de aplicações de resultados à curto prazo, foram os estudos de melhoria da qualidade dos biodigestores sertanejos, situados no sertão do Pajeú, interior do estado de Pernambuco. Neste caso, os resultados de pesquisa auxiliaram os pequenos agricultores na melhoria das práticas de alimentação dos sistemas de biodigestão, acarretando ganhos significativos no Nexus Água-Energia-Alimento, garantindo assim a melhoria da qualidade de vida das pessoas que vivem nessas áreas.



Biodigestor sertanejo utilizado no Sertão do Pajeú


A REPIENSA conta com uma equipe interdisciplinar de pesquisadores em vários níveis acadêmicos - desde alunos de graduação, por meio de projetos de iniciação científica, até alunos de mestrado e doutorado - que se debruçam sobre o tema para buscar soluções práticas e inovadoras para os principais problemas enfrentados na produção de energia sustentável no semiárido brasileiro. Esses estudantes, orientados por professores e pesquisadores experientes, conduzem estudos e experimentos que abrangem desde técnicas de cultivo e processamento de biomassas até o desenvolvimento de novas tecnologias de conversão de energia, garantindo assim um ciclo contínuo de aprendizado, pesquisa e aplicação prática.



34 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page